segunda-feira, 15 de junho de 2009

Ah, me faça morrer de amar

Vai, vai, vai, vai
Vá para longe de mim
felicidade de plástico!

Prefiro a angústia dos poetas
(aquela que me rasga por inteiro)
Ao torpor dos alienados
que vêem a vida em preto e branco.

Baden Powell e Vinícius de Moraes.Canto de Xangô

Nenhum comentário:

Postar um comentário